Detran vai fiscalizar 7 itens nas ruas

Após muita polêmica sobre o fim das  vistorias, o governo do estado finalmente bateu o martelo sobre o procedimento. De acordo com nota divulgada pelo Detran-RJ, as vistorias nas ruas realizadas terão o nome Operação Detran Seguro e seguirão um protocolo previamente definido. O objetivo é avaliar somente o estado de sete itens: pneus, lataria, vidros, películas, placas de identificação, farol, comandos de seta e vão aferir os gases poluentes.

São menos itens do que havia na vistoria anual, extinta definitivamente pela Lei 8269/18, que era feita nos postos do Detran. A operação começa a partir de abril com ações semanais. As vistorias podem acontecer inclusive aos sábados e domingos, na capital e interior do estado. As ações serão realizadas durante o dia, em horário comercial.

Fiscalização por agentes do Detran

As ações serão filmadas por câmeras, ligadas online a uma central de monitoramento, localizada na sede do departamento. A medida é preventiva e busca dar garantia à população sobre a lisura das operações. Segundo o órgão, policiais militares terão papel de apoio, mas não fazem parte ação de fiscalização dos veículos.

Irregularidades

Caso seja identificada alguma irregularidade, e se a falha puder ser resolvida no momento da fiscalização, o veículo será liberado assim que o problema for resolvido. Caso não tenha solução na hora, o veículo não será apreendido caso tenha segurança para circular. Neste caso, o certificado de licenciamento anual (CRLV) será recolhido e o proprietário terá entre três e sete dias úteis para se apresentar ao Detran com o veículo regularizado.

Confira abaixo os itens que devem ser verificados:

Pneus: É necessário verificar o estado geral e a fixação das rodas. As calotas e os diâmetros devem ser iguais nos dois eixos. Verificar se há pneus diferentes no mesmo eixo, se algum deles tem saliências externas ou profundidade inferior a 1.6 mm, se o estado de conservação dos flancos e das bandas são deficientes ou têm desgaste desigual, e se a adequação ao uso está de acordo com a designação do fabricante do veiculo.

Lataria: Não pode ter corrosão acentuada ou de caráter perfuro cortante. No caso dos para-choques, não podem estar excessivamente deformados ou com saliências cortantes.

Vidros e película: Deve-se verificar a conservação, a visibilidade e o funcionamento do sistema de acionamento. Os vidros não podem ter fissuras. No caso de uso de películas, as mesmas precisam estar de acordo com a legislação.

Placas: O dispositivo não pode estar danificado, violado ou falsificado. O mesmo é válido para as placas que sem lacre e/ou selo.

Faróis e setas: Lanternas, faróis baixo e alto, luzes de freio, de ré e de placa, setas indicadoras de direção e alertas não podem estar quebrados ou com as lâmpadas queimadas.

Fonte: Jornal Extra

Compartilhar:

Nathália Emerick