Gasolina: Petrobrás anuncia novo aumento

Péssima notícia para os motoristas que abastecem o carro com gasolina: na última segunda-feira, 27, a Petrobrás anunciou outro aumento no preço do combustível. Após dois aumentos na última semana, a Estatal anunciou que vai elevar novamente o preço da gasolina nas refinarias. O aumento foi de 1,8% e o novo valor do combustível começou a vigorar ontem, 28.

Após recorde de preço na semana passada, fechando em média de R$ 3,966 por litro nos postos, o novo aumento levou o preço da gasolina a fechar em R$ 4,023 a cada litro. De julho até a última semana, o valor da gasolina registrou um crescimento de 23,2%.

Em comunicado no site oficial, a Petrobrás afirma que a política de preços possui como base o preço de paridade de importação. Segundo a estatal, o aumento contribui para recuperar parte do mercado que a empresa vinha perdendo para derivados importados.

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, afirmou que os sucessivos aumentos no preço da gasolina não são culpa da estatal. Ele culpou o aumento dos impostos feitos pelo governo do presidente Michel Temer.

Para economizar, brasileiros que moram no sul do país estão abastecendo os veículos no país vizinho, o Paraguai. Os motoristas de Foz do Iguaçu cruzam a fronteira para abastecer o carro em Ciudad del Este. É possível enchem um tanque de 43 litros por R$ 113,50. No lado brasileiro, o mesmo combustível sairia por uma média de R$ 173 – diferença de quase R$ 60. Na cidade paraguaia, a gasolina comum varia de R$ 2,62 a R$ 2,80. Já em Foz do Iguaçu o litro custa cerca de R$ 4,09 ou mais.

Dica:

Para quem não mora próximo à cidade paraguaia e não pode abrir mão de se locomover com carro, a dica é pesquisar antes de abastecer. A diferença de preço entre postos pode chegar até 35 centavos por litro.
Fonte:  O Globo – EconomiaEconomia – iG e Correio Brasiliense

 

Compartilhar:

Nathália Emerick