Van escolar: dicas para quem utiliza o serviço

Levar e pegar os filhos na escola é uma tarefa que muitos pais e mães são obrigados a delegar. A vida atribulada, longas distâncias e horário corrido são alguns dos motivos que levam a opção pela van escolar. Mas esta escolha requer muita atenção, afinal, dentro do transporte estão os passageiros mais preciosos.

Separamos algumas dicas para você optar pelo transporte de van com segurança e tranquilidade. Confira

Comece pelo básico:

Escolas que não possuem frota própria de transporte escolar podem ter uma lista de transportadores (terceirizados ou sem vínculo com o colégio) cadastrados pela instituição de ensino. Peça indicação à direção da escola. Ou então busque referências com outros pais. Também é possível consultar o Sindicato dos Transportadores de Escolares e com o departamento de trânsito (DETRAN) local.

Observe a equipe

Outra dica é observar como o motorista recepciona as crianças na porta da instituição de ensino. Note se os estudantes são acompanhados por outro adulto além do condutor do veículo que os oriente a seguir as normas de segurança no trânsito até o veículo.

Condições de higiene

Veja as condições de higiene, conforto, segurança, se há um cinto de segurança para cada ocupante e se as janelas não abrem mais do que 10 cm no veículo que fará o transporte.

Exija o contrato

O contrato de prestação de serviço é preciso constar tudo o que for combinado. Deve lá estar a identificação, telefone do prestador do serviço, período de vigência, horário e endereço de saída e chegada, valor da mensalidade, data e forma de pagamento, índice e forma de reajuste e as condições para rescisão antecipada.

Negocie os casos extraordinários

Em caso de falta do aluno, o desconto proporcional no preço pode ser acordado entre as partes. Entretanto, se houver algum problema com o veículo ou com o próprio condutor, o serviço deverá ser prestado por outra condução/motorista, com as mesmas normas de segurança.

Rastreador portátil

Para acalmar o coração dos pais e saber todos os detalhes da viagem do filho (a), uma opção interessante é o rastreador portátil. Pequeno, pode ser acondicionado na mochila discretamente. Com ele, é possível saber a velocidade da viagem, o trajeto realizado, delimitar áreas e ser notificado sempre que algo relevante acontecer. Tudo isso em tempo real. Todo o acompanhamento pode ser realizado pela internet,  através de desktops, notebooks, tablets e smartphones.  Alem disso, ele ainda conta com o recurso “botão de pânico”, em caso de emergência, basta pressioná-lo e nossa central de monitoramento 24h entra em contato imediatamente com os responsáveis, o que promove um socorro mais rápido e eficaz. Saiba mais sobre o Rastreador Portátil Opensat clicando aqui.

Fonte: O Globo e Portal Vix

Compartilhar:

Nathália Emerick