Gasolina: Petrobrás anuncia novo reajuste

Os proprietários de veículos sentem pesar no bolso mais uma vez. No dia 27 de novembro a Petrobras anunciou  um novo reajuste no valor da gasolina. Em meio a alta do dólar, de acordo com a empresa, o aumento foi de 4%. Já o preço do óleo diesel permaneceu inalterado. O último reajuste no valor do combustível havia sido feito no dia 19 de novembro. Neste evento, após cerca de 50 dias sem alterações no preço, o valor foi elevado em 2,8%.

Gasolina é a mais cara em seis meses

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgou uma pesquisa em que o preço médio da gasolina nos postos no país na semana que se encerrou no dia 23 de novembro ficou em torno R$ 4,413. No Rio de Janeiro há postos vendendo gasolina a R$ 5,40 o litro.

No acumulado no ano, a gasolina acumulou um significativo aumento de 1,59% e, o diesel, alta de 7,5%, segundo a ANP.

Vale ressaltar que o repasse de ajustes de valores nas refinarias aos consumidores finais nos postos depende de diversos fatores. São eles: margens de revendedoras e distribuidoras, misturas de biocombustíveis e impostos.

Etanol:

O preço do etanol também registrou alta no período. O litro passou de R$ 2,980 para R$ 3,005. Um aumento semanal de 0,8%. Porém, o etanol pode ser uma boa opção na hora de abastecer. Mesmo com a alta, dependendo do valor praticado nos postos, optar pelo etanol pode significar economia. É preciso pesquisar os valores e abastecer em postos de confiança. Fique atento a fraudes nos combustíveis e desconfie de preços praticados muito abaixo do valor de mercado.

 Fonte: IG Economia  e G1

Compartilhar:

Nathália Emerick