Seguro DPVAT: como pagar?

No primeiro artigo sobre o Seguro DPVAT explicamos as finalidades e os benefícios do imposto. Neste segundo texto, você encontra orientações sobre o procedimento para gerar e pagar a guia do seguro.

O primeiro passo é entrar no site da seguradora líder, responsável por administrar o Seguro DPVAT e clicar em como pagar. A página vai redirecionar o pedido para  um outro link, onde você deverá escolher o estado que reside. Nesta página é possível consultar o valor a ser pago através de um breve cadastro com os dados do veículo e conferir pagamentos já efetuados.

O pagamento do Seguro DPVAT pode ser realizado à vista,  junto com a cota única do IPVA ou também com a primeira parcela desse imposto. Os veículos que costumam pagar mais pelo DPVAT – motocicletas, ônibus, micro-ônibus e vans – terão a opção de pagar o DPVAT à vista ou parcelado. O parcelamento pode ser realizado em até 3 parcelas de valor fixo, a serem pagas consecutivamente, no vencimento das parcelas 1, 2 e 3 do IPVA.

Já o pagamento à vista do Seguro DPVAT será feito no vencimento da cota única ou na 1ª primeira parcela do IPVA. No caso de veículos isentos de IPVA, o vencimento do prêmio à vista se dará juntamente com o emplacamento ou no licenciamento anual.

É importante ressaltar que o parcelamento não se aplica a exercícios anteriores (em atraso) nem a veículos que estão licenciando pela 1ª vez (0 km).​ Em caso de transferência de propriedade, o mais indicado é pagar à vista, mesmo que o seguro do veículo possa ser parcelado. Isso porque o veículo precisa estar regularmente licenciado para efeitos de transferência e isso ocorrerá somente após a quitação integral do seguro

Proprietários de Motos, ônibus, micro-ônibus e vans, que vão pagar à vista podem efetuar o pagamento do boleto nos bancos Bradesco, Itaú, Caixa Economia, Santander ou Banco do Brasil. Para demais veículos o pagamento do Seguro DPVAT é somente à vista e deve ser pago apenas no banco Bradesco.

Veículos 0 Km / 1º Licenciamento de motos, ônibus, vans e micro-ônibus, o pagamento do boleto nos bancos Bradesco, Itaú, Caixa Economia, Santander ou Banco do Brasil. Outros veículos, o pagamento deverá ser efetivado no banco Bradesco.

Fonte: Detran e Seguradora Líder

Compartilhar:

Nathália Emerick